news

08 de Feb 2019

Madrepérola, a leveza que vem do mar.

O que é madrepérola?

A madrepérola nada mais é do que o revestimento interno de algumas conchas. Sua constituição básica é o nácar, mesmo elemento lustroso que dá origem às pérolas e que se desenvolve com uma reação a um corpo estranho que tenha entrado em sua membrana, no interior de sua concha, é utilizada em joias, bijuteria e marchetaria.

Seu processo de obtenção é bem interessante: quando um corpo estranho tenta invadir o interior de uma concha, seu organismo começa a produzir a madrepérola para envolver o intruso e proteger o molusco.

Sua coloração é esbranquiçada e com efeito brilhante. Como essa pedra tem a capacidade de refletir a luz, pode apresentar diferentes cores e tonalidades, dependendo de como é exposta.

Os brincos, pulseiras, anéis e gargantilhas que recebem essa pedra tornam-se verdadeiras joias. 

   

Quem a carrega, geralmente gosta de atribuir significados como os de proteção, amor e a sensação de relaxamento que o mar proporciona.

Apesar de ter uma proposta mais clean, essa peça tende a ser o destaque do look. 

Por isso, a primeira dica é deixar que seu acessório de madrepérola seja o destaque do visual, principalmente se forem brincos ou anéis.

      

E você, já conhecia a madrepérola? 

Temos certeza que se apaixonou por ela, afinal, essa pedra simples, mas poderosa, garante a beleza e a leveza de qualquer look, fazendo com que seu estilo fique único.

Vem pra Di Roma! Clique aqui e saiba como ser um(a) revendedor(a).